Música para estudar – Proteínas

As Proteínas – BAIXAR AQUI AS PROTEÍNAS EM MP3

(Autor desconhecido)

 

Ó gente no balanço das proteínas.

Vamos cantar um pouquinho sobre esse composto que abunda demais!

Composto orgânico que é muito abundante, abunda sempre, abunda muito, abunda à toa.

Com tanto abunda a gente acaba delirando,

Acreditando a proteína é uma boa.

 

Várias funções têm esses polipeptídios de dois processos eles aparecerão no núcleo começando com a transcrição no citoplasma acontece a tradução.

Tem proteínas na formação de tecidos, nas cartilagens e também outras funções, colágeno e queratina são estruturais, como hormonal a insulina é demais.

E na defesa aparecem anticorpos, respiração envolve a hemoglobina,

Também nós vamos encontrar a proteína nas reações, catalisando como enzima.

Toda enzima será sempre proteína, nem toda proteína é sempre uma enzima. (Bis)

Aminoácido é a sua menor parte e no carbono central estarão ligados um radical que varia de 1 a 20, carboxila, hidrogênio e amina.

O aminoácido feito pelo organismo é conhecido como sendo natural, se o aminoácido tiver que ser ingerido, o aminoácido é chamado essencial.

São necessários para formar a proteína vários aminoácidos então ligados, que variando em ordem, tipo e quantidade, já vão formando a proteína de verdade.

A ligação peptídica aparece, ligando dois aminoácidos através a amina de um, carboxila do outro, na ligação perda de água acontece.

Toda enzima será sempre proteína, nem toda proteína é sempre uma enzima. (Bis)

Pra proteína a estrutura é importante e alterações podem romper as ligações e talvez ela não atue como antes, temperatura e pH desnaturantes.

Tem a primária, secundária e terciária ou linear, helicoidal e globular.

Várias cadeias numa forma agrupada de quaternária a estrutura é chamada.

E a enzima que também é proteína aumenta a velocidade das reações, seu centro ativo se ligando ao substrato, abaixa a energia de ativação.

Sistema chave-fechadura se combina e o substrato é encaixado numa enzima.

E como exemplo, degradando proteína, a protease que também é uma enzima.

Toda enzima será sempre proteína, nem toda proteína é sempre uma enzima. (Bis)

Olha aí, você viu que temos vários tipos de proteínas com várias funções.

Fique ligado!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s